Franquias

Por que os varejistas devem migrar para a nuvem o quanto antes?

Por mais que a tecnologia esteja cada vez mais presente no dia a dia dos negócios, muitos varejistas ainda não são capazes de aproveitar ao máximo a funcionalidade modernizada e os recursos emergentes, como a automação oferecida em uma plataforma de operações de varejo baseada na nuvem. É claro que contar com sistemas modernos já é algo que pode fazer a diferença, contudo migrar desses sistemas para a nuvem é a principal tendência dos próximos anos. 

Além disso, ao contrário do que muitos varejistas pensam, esse processo de migração não é tão caro e deve ser visto como um investimento que, a médio e longo prazo, trará inúmeros benefícios ao negócio. 

Saiba mais: Camiseta da Hurley

Tendo tudo isso em mente, continue a leitura deste conteúdo e entenda mais sobre porque os varejistas devem migrar para a nuvem o quanto antes, e saiba também como os varejos lidam com a inovação. 

A falta de inovação é um dilema no varejo

inovação no varejo nuvem

Muitas pesquisas já mostraram que a falta de inovação é um dos principais problemas do varejo. Se os profissionais usassem toda a tecnologia disponível, com certeza seria muito mais simples bater as principais metas e fazer com que o negócio saísse na frente dos concorrentes, por ter uma grande vantagem competitiva. 

O legado dos sistemas locais, que foram mencionados acima, como é o caso do ERP, é um exemplo perfeito de anti-inovação. Isso acaba prejudicando diretamente a capacidade de operar como um negócio omnichannel, onde todos os canais funcionam perfeitamente juntos, onde você pode oferecer produtos quando os clientes estiverem navegando, enquanto ainda fornece o nível de serviço exigido por eles – que, inclusive, está cada dia maior. 

Você também pode gostar: Como identificar uma camisa da Calvin Klein réplica? 

Ao fazer isso, o negócio vai exceder as expectativas dos clientes, de modo que o único pensamento na mente de um comprador é o quanto eles amam a nova linha de primavera de sua loja favorita, e não se essa loja tem seu tamanho na cor que eles querem, seja online, na loja, ou no celular.

Para isso, contar com um sistema na nuvem é de fundamental importância. Além de ser algo mais seguro, é necessário entender que um sistema ERP, por exemplo, apresenta uma enorme barreira ao crescimento e à inovação. 

Com esse sistema, os varejistas nem sempre conseguem alterar os preços de maneira rápida e fácil, ou atualizar o inventário em tempo real. Isso é especialmente problemático para as empresas que exibem os níveis de estoque em seus websites para os clientes – uma vez que informações imprecisas de estoque podem adiar ou enganar os compradores. 

Normalmente, os ambientes locais exigem um administrador em tempo integral. Além disso, quando se trata de suporte, essas plataformas nem sempre são voltadas ao varejo, o que torna as questões técnicas mais difíceis e demoradas de resolver.

Ao migrar para a nuvem, você terá uma visão única de seus clientes, inventário em seus depósitos, vendas, devoluções e vários outros pontos de dados. E são todos os dados em tempo real.

Você ganhará suporte real para omnichannel, com inventário atualizado em cada canal imediatamente após uma venda ou um retorno, seja na loja, on-line ou via celular. Um cliente compra um produto on-line, mas quer trocá-lo na loja por um tamanho ou cor diferente? Sem problemas. Os sistemas de pagamento on-line melhoraram significativamente para desktops e dispositivos móveis, facilitando a conclusão das compras dos clientes.

Então, o que você está esperando? Fazer essa inovação no varejo trará inúmeros benefícios a médio e longo prazo. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios