Franquias

Quer ter uma franquia? Saiba 7 erros para não cometer

Se você tem um perfil mais precavido de riscos, investir em uma franquia é uma ótima opção, pois, com elas, você poderá contar com modelos de gestão prontos.

Ter uma franquia é o sonho de muitos empreendedores que buscam um rendimento uniforme e não queiram inovar demais ou investir em mercados com risco maior. Mas, como qualquer negócio ou empresa, seu empreendimento requer cuidados diários e atenção a detalhes eventuais. Vejamos alguns erros que precisam ser evitados:

1. Deixar de investir em marketing

Divulgar sua marca, mesmo em franquias, é responsabilidade sua. Portanto, invista em publicidade e utilize outdoors para ser reconhecido localmente primeiro e, depois, para que se torne conhecido por toda a cidade. O marketing digital também pode ser uma boa opção, além de mais barata, para ajudar na divulgação.

2. Escolher o ponto errado

Quando as franquias necessitam de um espaço físico, como lojas e quiosques, é preciso tomar cuidado com o local em que você pretende se instalar. Pesquise quais são os melhores lugares para atender suas necessidades e dê preferência àqueles em localizações mais movimentadas. Dependendo do tamanho do negócio, uma loja em algum shopping pode ser a escolha mais interessante.

3. Não conhecer bem o ramo da franquia

De nada adianta obter licenciamento de franquia para vender produtos ou serviços sobre os quais você não conhece ou não tem familiaridade no assunto. Garanta que sua franquia envolva tarefas com as quais você já tenha experiência para obter sucesso no atendimento ao cliente.

4. Não ter controle de gestão e finanças

Mesmo considerando que a função do franqueador é a de repassar informações para o franqueado, é de responsabilidade do gestor da franquia ter em dia suas contas, despesas e controle do capital de giro. Sendo assim, não perca o controle dos seus números, que vão servir para avaliar seu desempenho e informar seu real rendimento.

5. Deixar cair a qualidade de atendimento

Além de manter as normas e padrões da franquia, é importante saber se o cliente está satisfeito com o serviço. Faça pesquisas frequentes com os clientes e não deixe a qualidade do seu atendimento cair com o tempo, o que é uma tendência perigosa.

6. Inovar demais e fugir do padrão

A base do franchising é a padronização, então, não tente modificar o processo ou modelo de gestão, pois isso pode acarretar em diversos problemas para sua franquia. É importante ressaltar, entretanto, que pequenas mudanças de processo podem ser benéficas para corrigir falhas de curto prazo, desde que não alterem a estrutura do modelo principal.

7. Administrar à distância

Assim como em qualquer negócio, é importante que o gestor esteja sempre presente, atualizando-se sobre eventuais problemas e administrando de perto os processos do cotidiano da franquia.

Há um senso comum de que, por se tratar de um modelo de gestão pronto, não é necessário muito trabalho para se ter uma franquia e mantê-la funcionando. Esse tipo de pensamento acomodado, contudo, é muitas vezes motivo para a falência ou até para problemas maiores.

Existem sites que podem ajudar a entender e a melhorar a gestão de novas franquias. O mais importante é não se acomodar com o negócio de forma inerte, já que, como empreendedor, você tem o dever de acompanhar de perto seu negócio para manter a qualidade de atendimento ao cliente e estar sempre antenado às mudanças.

Agora que você já sabe formas de evitar o fracasso de sua possível franquia, que tal conferir essas orientações para escolher a franquia ideal?

Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios