Franquias

Como fazer sua equipe economizar materiais na sua franquia escolar

As escolas e as instituições de ensino precisam, a todo momento, fazer economias para que os gastos não interfiram nas mensalidades pagas pelos alunos. Uma das maneiras de fazer isso é economizar materiais, ficando atento não apenas na utilização, mas também na conservação e no aproveitamento desses itens.

Essa economia pode ser feita das mais diferentes maneiras, chegando a um resultado positivo, pois, além de reduzir o desperdício, é possível contribuir com o meio ambiente.

Confira boas dicas abaixo para economizar na franquia escolar.

Reaproveite

Não é porque alguns materiais já foram usados que perderam a sua utilidade, pelo contrário, muitos podem ser reaproveitados. Tesouras, lápis de cor e até mesmo cadernos que não foram usados por completo podem atender aos alunos sem impactar nas atividades.

Antes de fazer a lista de compras, veja o que pode ser reutilizado e que se encontra em bom estado, pois, assim, a lista será menor.

Pesquise antes de comprar para economizar materiais

A pesquisa é fundamental para conseguir os menores preços, portanto, solicite orçamento de todos os materiais que precisará em diversos locais. Faça uma comparação entre eles e informe que o concorrente está ofertando o mesmo produto por um menor custo. Ao fazer isso, a oferta pode ser coberta.

Outro ponto de atenção nessa questão é em relação à ilustração dos materiais. Personagens conhecidos acabam fazendo com que o produto custe mais caro. Por isso, em vez de comprar uma caneta do Mickey, por exemplo, prefira uma sem ilustração.

Compre em quantidades maiores

Prefira fazer a compra de todo o material de uma única vez, em vez de comprar aos poucos. Quanto maior a quantidade, menor tende a ser o preço.

Opte por comprar em atacado, quando houver demanda para isso. Fará uma grande diferença no custo final total.

Aproveite os papéis ao máximo

Principalmente as crianças que não recebem orientação, tendem a desperdiçar mais e, por isso, cabe aos professores orientarem como fazer o uso correto de cada material.

No caso do papel, sempre ensine a utilizar os dois lados, pois, assim, gasta-se menos e consegue-se registrar as mesmas informações.

Na hora dos recortes, oriente a aproveitar cada cantinho dos papéis coloridos, mostrando que, com o que era “resto”, pode-se fazer coisas bem legais. Isso fará com que desenvolvam a criatividade, além de economizar recursos e ajudar a reduzir os custos.

As impressões devem ser pensadas com atenção porque hoje, com a tecnologia, é possível utilizar projetores ou arquivos virtuais. Isso evitará o uso desnecessário do papel que, na maioria das vezes, acaba indo para o lixo.

Economize água

A água, além de estar cada vez mais escassa, tem um custo elevado. Sua economia não ajudará apenas a escola, mas o meio ambiente como um todo.

Ensine os alunos a lavarem as mãos de forma correta, sem precisar abrir toda a torneira e fechando enquanto ensaboam. Quando for beber água, opte pelas garrafinhas, o que ajuda a minimizar o desperdício no bebedouro.

A escola também deve fazer a sua parte na hora de economizar materiais, orientando como tudo isso pode ser feito e também sempre procurando por vazamentos de água que possam elevar o seu consumo.

Gostou das dicas? Compartilhe essas informações nas suas redes sociais e colabore para que outras empresas também se atentem para a importância de economizar materiais.

Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios