Mercado de Franchising

Franquia ou negócio próprio: qual a melhor opção?

Depois de muito trabalhar para tornar realidade o sonho de ter uma empresa, chega uma hora em que todo empreendedor em potencial se pergunta: vale mais a pena abrir uma franquia ou um negócio próprio?

A resposta para essa pergunta vai depender muito do que é essencial para você, como empresário. Cada modelo tem suas vantagens e desvantagens e, de qualquer forma, você precisará fazer algumas concessões para alcançar o sucesso.

A seguir, selecionamos alguns prós e alguns contras ao se abrir uma franquia ou negócio próprio, para lhe ajudar a decidir qual dessas opções é a melhor para você.

Investimento inicial

Para começar uma franquia, é necessário um investimento mínimo — requisito que não existe na hora de montar seu próprio negócio. Dessa forma, podemos dizer que sai mais barato começar sua própria marca, pois é possível iniciar com algo bem pequeno e ir expandindo na medida em que os resultados forem aparecendo.

Apesar de ter um preço um pouco mais elevado, grande parte do investimento necessário para abrir uma franquia acaba sendo compensado por algumas facilidades. Por exemplo, você não precisará se preocupar em tornar sua marca conhecida, uma vez que a rede fica responsável pela publicidade.

Existem também, meios para ficar por dentro das empresas à venda que estão disponíveis no mercado, garantindo que você possa comparar todas as suas opções e escolher a que possui o melhor custo-benefício.

Além disso, como tudo o que sua empresa precisar será comprado em conjunto com as outras unidades, os preços costumam ser mais amigáveis, devido à grande quantidade adquirida.

De modo geral, conseguir empréstimos também costuma ser mais fácil para donos de franquias, pois a rede pode atuar como órgão garantidor e pode colocá-lo em uma linha de crédito especial.

Liberdade criativa ou segurança

Com um negócio próprio, você terá toda a liberdade criativa que quiser. Isso quer dizer que não existirão regras sobre como gerir sua empresa e você poderá modificar seus produtos como bem entender. Isso já não acontece com uma franquia, em que os padrões já estão estabelecidos e você, como franqueado, não pode executar mudanças sem que elas sejam aprovadas pela rede.

Se por um lado esses fatores contribuem para diminuir sua liberdade como empreendedor, eles também existem para dar mais segurança ao negócio. A marca e os produtos já foram aprovados pelos consumidores, assim como a matéria-prima utilizada. Você contará com toda uma base de dados sobre as expectativas de sucesso e crescimento, fornecida pelo histórico de franquias similares. Basicamente, quanto maior a liberdade criativa, maiores serão os riscos a serem assumidos.

Crescimento controlado

Por trás de uma companhia de sucesso, sempre existem inúmeras tentativas e erros cometidos para se chegar ao modelo ideal. Com um negócio próprio, você poderá ficar com todo o crédito dessa empreitada, mas os riscos também deverão ser assumidos. Além disso, será mais fácil expandir quando chegar o momento, pois tudo poderá ser feito nos moldes e na velocidade que você determinar.

Ao se associar a uma rede de franquias, você poderá pular algumas etapas desse processo de amadurecimento, pois já começará contando com manuais e todo o know-how adquirido anteriormente, sem precisar passar por toda essa fase de testes.

Já a expansão ficará mais engessada, pois não dependerá apenas da sua vontade. Por exemplo, a abertura de uma segunda unidade ficará condicionada à aprovação da rede e de um estudo da localidade para determinar a viabilidade do negócio.

Franquia ou negócio próprio, o sucesso da sua empresa dependerá muito de suas habilidades empreendedoras e das oportunidades oferecidas em sua região. Alinhando suas expectativas com as características apresentadas, você poderá dizer qual tipo de empresa é a melhor escolha para você.

Contudo, levando em consideração os argumentos apresentados aqui, podemos concluir que a franquia é a opção mais segura e com mais chances de dar certo. Mesmo havendo pontos negativos, as suas vantagens prevalecem, fazendo valer a pena investir em franquias.

Tem experiência com algum desses modelos? Está pensando em começar com um deles? Conte pra gente sua experiência — comente!

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios