Franquias

O que todos precisam saber sobre franquias de alimentação?

Franquias de alimentação atualmente são uma das maiores responsáveis pelo crescimento da economia do país. Mesmo consolidado, esse mercado tem crescido cerca de 10% todo o ano e angariado cada vez mais clientes.

Isso significa não só que marcas conhecidas ganham mais espaço no mercado, mas também que outros tipos de redes de alimentação estão surgindo.

Veja o caso dos restaurantes de comida japonesa: até há algum tempo, a comida japonesa era considerada um alimento de um nicho específico.

Hoje, se tornou um tipo de alimento tão comum que shoppings e centros comerciais estão lotados de restaurantes japoneses. Mas como essas franquias funcionam e qual seu retorno financeiro? Abaixo você vai saber tudo isso. 

Elas são divididas em dois tipos

franquias de alimentação

As franquias de alimentação estão subdivididas em dois gêneros: as que vendem alimentos e as que vendem serviços na área. O primeiro tipo é basicamente composto de lojas focadas em determinados tipos de alimentos, como o caso de franquias de produtos orgânicos, que costumam vender frutas e verduras. 

O segundo tipo são restaurantes que fornecem refeições aos seus clientes. Podem ser redes de fast-food como a marca McDonald’s, ou até mesmo franquias de refeições requintadas.

Em ambos os casos, os investidores de franquias precisam investir em um bom atendimento, mas o primeiro costuma focar em públicos de nicho, enquanto o segundo tipo abrange um público maior.

Tendências do mercado

No Brasil, as tendências das franquias de alimentação têm mudado e com isso, novos tipos de produtos estão surgindo. Atualmente, o ramo de alimentos saudáveis está em ascensão, de modo que lanchonetes veganas ou de produtos naturais estão ganhando espaço.

Um segmento que também está em destaque é o sorvete e o açaí. Cada vez mais procurado graças às suas propriedades energéticas, o fruto e o sorvete ainda ganharam destaque por ser muito saboroso.

Caso você vá em um shopping, facilmente encontrará um quiosque da franquia da McDonald’s, pois elas já estão tomando conta do mercado e fazem muito sucesso.

O faturamento das franquias

Em geral, as franquias de alimentação como a McDonald’s costumam apresentar um lucro que pode ir até 20% do valor investido. Trata-se de um valor considerável, principalmente quando se leva em conta os gastos apresentados por esse tipo de negócio.

Como franquias necessitam de um bom local para sua operação, não é incomum se gastar com altos valores no aluguel de um espaço em centros comerciais com grande fluxo de pessoas.

Outro detalhe importante é o quanto se gasta com o estoque de alimentos, que devem ser guardados em locais adequados para não perderem a validade.

Possibilidade de exportação

Um detalhe que chama atenção em relação às franquias de alimentos da McDonald’s é a sua capacidade de exportação de serviços ou produtos.

Não por acaso temos redes de fast-food  como a marca McDonald’s em quase todo mundo: trata-se de um serviço procurado e que chama atenção de um grande público. Por isso, franquias bem administradas costumam atravessar fronteiras e se tornam um negócio mundial.

Isso prova como franquias de alimentação podem se colocar como um grande investimento a partir de uma gestão de qualidade.  

Quer conhecer mais?

Veja nossos outros artigos sobre Franquia e Empreendedorismo.

Sucesso!

Franquias


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios