Franquias

Rede de franquias: tire suas dúvidas sobre esse modelo de negócio

Abrir uma franquia é uma excelente forma de iniciar seu próprio negócio, principalmente para quem está entrando no mundo do empreendedorismo agora. O mercado de franchising cresceu 8,2% no ano de 2015 e, com as várias rede de franquias disponíveis em praticamente todos os segmentos, achar um modelo de acordo com seu perfil é um dos primeiros (e mais importantes) passos para começar. É preciso conhecer a empresa franqueadora, entender como ela opera, saber o faturamento médio e ver seu posicionamento perante o mercado e seus consumidores.

Por meio do franchising, as empresas oferecem aos franqueados a permissão de utilizar sua marca, comercializar seus produtos e serviços, oferecendo treinamento técnico, capacitação, suporte e apoio logístico para o franqueado operar o negócio. É, também, firmado um contrato de 5 anos (em média) com condições bastante específicas que devem ser seguidas à risca, como a padronização da loja em todos os aspectos (atendimento, modelo operacional, etc.).

Está procurando uma franquia de acordo com seu perfil? Listamos alguns tópicos essenciais que o ajudarão bastante nessa missão. Confira:

Afinidade com o mercado escolhido

As empresas analisam bastante os franqueados antes de fechar o negócio. E você, empreendedor, deverá fazer o mesmo antes de escolher uma franquia para operar. A dica aqui é encontrar uma opção dentro da área com a qual você tenha mais afinidade. O mercado de franchising está aquecido e, atualmente, você poderá encontrar mais de três mil tipos em vários segmentos.

Pesquise com calma e encontre aquela que ofereça as melhores condições para os franqueados, dentro de um segmento que você entenda e, de preferência, já tenha atuado em alguma escala.

Qual é o investimento total necessário

É muito importante saber, ao menos por estimativa, quanto será necessário para que a franquia escolhida passe a operar. Considere o aluguel da loja, impostos, localização do ponto comercial, a taxa da franquia e qual é o capital de giro do negócio.

É importante saber de todos esses números e ter o dinheiro em mãos. Não confie em bancos ou instituições financeiras para conseguir empréstimos, pois, caso a franquia não dê certo, você ainda poderá somar uma dívida considerável —  e em um negócio que já nem existe mais.

Como é o suporte oferecido por uma rede de franquias

É muito importante deixar claro que a relação “franqueado e franqueador” é crucial para o sucesso da franquia. O empreendedor deverá perguntar à empresa como o conhecido será passado pra ele, e como ela atuará no suporte à franquia. Pois o empreendedor, especialmente quem nunca investiu nesse mercado antes, pode ficar perdido em relação a essas questões.

É preciso que o suporte oferecido pela empresa seja capaz de capacitar o empreendedor e demais funcionários (caso houver) a operarem os produtos/serviços da franquia com perfeição.

Em quanto tempo o dinheiro retornará

É muito importante ter uma estimativa de retorno para o dinheiro investido. Geralmente, para microfranquias, é dada uma estimativa de 24 meses para recuperação do investimento. Em caso das redes de franquia de médio a grande porte, esse prazo sobe para 36 meses.

No entanto, é preciso lembrar-se de que, por mais que um investimento pareça promissor, o empreendedor deve ter em mente que riscos e imprevistos podem acontecer e isso poderá afetar o prazo no final.

E você, empreendedor, já tem em mente qual modelo escolher entre a rede de franquias disponíveis? Enriqueça esse artigo deixando sua opinião.

Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios